O que acontece em Mediação Expulsão?

Janeiro 3, 2017 Skiba 1 Visualizações 0 Comentários
FONT SIZE :
fontsize_dec
fontsize_inc

 Se a relação entre um locador e um locatário se deteriorou significativamente, o proprietário pode decidir despejar o inquilino, mesmo que a deportação pode levar uma quantidade considerável de tempo e dinheiro para obter. Muitas comunidades já oferecem serviços de mediação de disputas entre senhorios e inquilinos, que podem eliminar a necessidade de ir a tribunal e podem ajudar a resolver os problemas de ambos locador e locatário em um justo, justo.

 Expulsão

 O despejo é um processo legal em que um proprietário recebe uma ordem judicial para forçar um inquilino a sair da casa que ela aluga. Somente um juiz pode ordenar o despejo, e um proprietário deve ser capaz de provar ao juiz que a expulsão se justifica. Os proprietários têm despejados inquilinos por muitas razões diferentes, geralmente porque o inquilino não pagou o aluguel no tempo, ou porque o inquilino tenha violado o contrato de arrendamento de alguma forma.

 Mediação

 A mediação é um processo pelo qual a formação, e neutra terceiro trabalha com duas ou mais pessoas que estão em conflito. Na mediação de despejo, o mediador trabalha com o proprietário eo inquilino para ajudar a resolver os problemas que levaram à situação atual. Em alguns casos, o mediador pode ser capaz de negociar um acordo que permitiria que o inquilino para ficar em casa. Se isso for impossível, o mediador pode ajudar tanto o proprietário eo inquilino para evitar o tempo e as despesas de um processo de despejo por negociar uma data mover-out para o inquilino e acordo para pagar uma indemnização ou aluguel de volta.

 Fontes de mediação

 Muitos governos municipais e organizações comunitárias fornecer serviços de mediação para os inquilinos e senhorios. A disponibilidade destes serviços pode depender da aplicação e, em alguns casos, os inquilinos que procuram a mediação de despejo pode ser obrigado a atender a certos requisitos de renda. serviços de mediação pode ser livre, ou pode haver um encargo pago pelo inquilino.

 Acordos vinculativos

 Em algumas áreas, um mediador deportação é capaz de negociar um acordo vinculativo entre o inquilino eo proprietário, que é obrigatório por lei. As condições de pagamento para alugar um conjunto para trás e mover-out para um inquilino que não quer a expulsão em seu registro são exemplos dos tipos de contratos que os proprietários e inquilinos em mediação pode alcançar.

 Aviso

 A mediação é um processo voluntário. Nem o inquilino nem o senhorio é obrigado a participar na mediação. Também não há garantia de que essa mediação irá resultar em um resultado positivo para ambas as partes.

  0   0

Comentários (0)

Sem comentários

Adicionar Comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha